ITIL V3

A ITIL surgiu na decada de 80 em sua versão original, composta por 40 livros. No início do ano 2000, foi publicada a versão 2, formada por um conjunto de 7 livros que entregam uma visão de processos sobre boas práticas para prestação de serviços de TI. Em 2007 foi lançada a versão 3, composta por 5 livros que organizam a visão por processo da versão 2 agora em fases do Ciclo de Vida do Serviço. Já em julho de 2011 foi publicada uma segunda edição da ITIL V3, para melhorar a consistência e navegação no conteúdo, reorganizando alguns assuntos e melhorando o fluxo de informações, incluindo a padronização de interfaces, entradas e saídas em todo o ciclo de vida do serviço.

As boas práticas da biblioteca ITIL despertam grande interesse em todas as empresas, por conta da organização e melhorias no Gerenciamento de Serviços de TI na busca de deferencial competitivo no mercado. A grande dependência do negócio em relação aos Serviços de TI coloca os gestores na busca de adoção das melhores práticas com o objetivo de aumentar a eficiência e a eficácia de seus processos.

Cada vez mais se disseminando pelo mercado, as boas práticas em relação a Governança e o Gerenciamento de Serviços, fazem com que a ITIL seja entendida como fundamental para promover recomendações sobre como planejar, implementar, gerenciar, controlar e melhorar  os resultados dos Serviços de TI necessários para o negócio.

Information Technology Infrastructure Library (ITIL), conjunto de recomendações baseadas em boas práticas de Gerenciamento de Serviços de TI, composta de 5 livros contemplando as fases do Ciclo de Vida do Serviço.

O ciclo de vida do serviço é composto pelos seguintes componentes:

Estratégia de serviço: prevê e conceitua um conjunto de serviços que ajuda o negócio a alcançar seus objetivos. É aqui que são tomadas as decisões estratégicas relacionadas aos serviços que vão ser desenvolvidos. Nesta fase são fornecidas orientações úteis para o desenvolvimento de políticas e objetivos de gerenciamento do serviço através do seu ciclo de vida.

Desenho de serviço: desenha o serviço tendo em mente objetivos de utilidade e garantia. Possui processos que orientam o desenho e o desenvolvimento do serviço, assim como o desenho dos processos de gerenciamento. Esta diretamente orientado ao desenho do que a estratégia decidiu.

Transição do serviço: fornece orientações para o desenvolvimento e melhorias das habilidades necessárias para fazer a transição de novos serviços ou serviços alterados para a operação. Os serviços são desenvolvidos, testados e liberados de forma controlada.

Operação de serviço: gerencia os serviços em produção para assegurar que seus objetivos de utilidade e garantia sejam alcançados. Inclui orientações para alcançar a eficiência e eficácia na entrega e suporte de serviços, assegurando assim o valor para o cliente e para o provedor de serviço.

Melhoria de serviço continuada: avalia os serviços e identifica formas de melhoria continua dos serviços e de todas as fases do ciclo de vida do serviço.

Deixe um Comentário